PlayStation

Em um comunicado oficial, a PlayStation anunciou a demissão de cerca de 900 funcionários, impulsionado pela queda do lucro real da gigante japonesa. Entre os estúdios afetados pelas demissões estão Insomniac Games e Naughty Dog, um sofrendo com onda de vazamentos e o outro teve o Factions cancelado definitivamente. Além disso, a equipe do London Studio foi completamente encerrada. Vale destacar que o estúdio era focado em jogos de PlayStation VR2, do qual não teve bons resultados no relatório fiscal.

Ainda sobre o relatório fiscal, os últimos dados apresentaram queda de pelo menos 6% dos lucros em comparação com 2 anos atrás, ligando o alerta quanto aos gastos excessivos nos desenvolvimentos dos jogos e pouco retorno real em vendas. Em seu primeiro discurso como novo CEO interino, após a saída de Jim Ryan, Hiroki Totoki falou abertamente sobre redução nos gastos de desenvolvimentos de jogos e cancelamento de projetos sem futuro certo.

A PlayStation é mais uma entre tantas outras grandes que foram afetadas pela queda de receita pós pandemia, quando durante o maior ápice foram contratados vários novos funcionários para suprirem as demandas de projeto. O comunicado ainda vem um dia após a Supermassive Games anunciar demissão de metade do seu quadro de funcionários.

Mais notícias:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *