O hacker, Arion Kurtaj, membro do grupo chamado Lapsus$, recebeu uma punição bem severa pelos seus atos. Kurtaj que foi responsável por hackear a Rockstar Games e vazar cerca de 90 clipes de GTA 6, foi condenado a prisão perpétua, mas devido ao seu alto grau de autismo, o jovem cumprirá a pena em um hospital. A decisão pode ser revertida pelos médicos, caso eles passem a considerar que o jovem não é mais um risco a sociedade.

Além da Rockstar, Kurtaj também foi responsável pelos ataques cibernéticos a Uber e Nvidia. O jovem, com agora 18 anos, chegou a ser preso na época, mas foi solto sob fiança, voltando a cometer os crimes. A defesa argumentou que o sucesso do trailer do jogo, lançado em 4 de dezembro e que bateu recorde de visualizações no YouTube, indicou que o hack do jovem não havia causado danos graves ao desenvolvimento do game.

A Rockstar Games por outro lado, calculou um dano de U$ 5 milhões, o custo extra que a empresa teve com trabalho da equipe de desenvolvedores, como consequência do ataque. Para a justiça, o ataque causou vitimas e danos reais causados pelo grupo hacker e por Kurtaj.

Mais notícias:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *