Confira as adaptações de HQs que fogem (um pouco) dos temas de super-heróis

Nem todas adaptações de HQs é da Marvel ou DC. Algumas conseguem se destacar além das duas maiores editoras da 9ª arte. “The Boys” e “Invencível” são dois exemplos de boas adaptações, além de fugir um pouco do estilo “family friendly” de outras produções.

Mas o universo das adaptações de histórias em quadrinhos é grande e diversificado – nem todas são sobre super-heróis! Algumas envolvem espiões, nerds, pessoas comuns e até mesmo alguns heróis. Como prova, já listamos quadrinhos que merecem ser adaptados. O Conecta Geek preparou uma lista de adaptações de HQs que você (talvez) não sabia que existia.

Atômica, de David Leitch

O primeiro filme da lista, Atômica conta a história da espiã inglesa Lorraine Broughton, enviada pelo MI6 para desvendar o assassinato de um colega e recuperar uma lista secreta de agentes duplos em Berlim durante a Guerra Fria. Adaptação do romance gráfico The Coldest City, de Anthony Johnston e Sam Hart, a história apresenta intrigas mirabolantes e personagens complexos, deixando o espectador em dúvida sobre cada personagem e com qual nação são realmente leais. Além disso, contém uma das melhores sequências de ação coreográfadas do cinema, fazendo qualquer pessoa pular de seu assento.

Protagonizado por Charlize Theron (“Mad Max: Estrada da Fúria”), Lorraine é uma espiã durona e complexa, calejada por anos de missões e traições e buscando por uma saída dessa vida. No elenco, James McAvoy (“X-Men: Primeira Classe”) e Sofia Boutella (“Rebel Moon”) também participam como contatos e aliados de Lorraine, mas até que ponto eles realmente são? Descubra vendo a trama. Aliás, a trilha sonora de Atômica? Perfeita com o tema de anos 80. Está disponível na Prime Video

Scott Pilgrim Contra o Mundo, de Edgar Wright

Baseada nas histórias de quadrinho de Bryan Lee O’Malley, Scott Pilgrim, um roqueiro de garagem de uma banda indie, se apaixona pela entregadora de encomendas Ramona Flowers. Ele quer namorar com ela, mas precisa antes derrotar sete dos seus sete ex-namorados malvados para poder ter uma chance. Bastante criativo com seus visuais elétricos, temas sobre amadurecimento e auto-estima e ritmo acelerado, o filme se torna uma boa maneira de apresentar o universo divertido de Scott Pilgrim para futuros leitores.

No filme, Michael Cera (“Juno”) é Scott Pilgrim, com seu jeito bem nerd e encantador, e Mary Elizabeth Winstead faz Ramona Flowers (“Ahsoka”). Também em cena estão Brie Larson (“O Quarto de Jack”), Chris Evans (“Capitão América”) e Aubrey Plaza (“Parks and Recreation”), além de outros nomes conhecidos no cinema. Está disponível na Prime Video

V de Vingança, de James McTeigue

Situado em uma Inglaterra distópica, acompanhamos em V de Vingança a luta do vigilante mascarado V contra um governo que autoritário que roubou sua identidade e de muitas outras pessoas. Adaptado da HQ homônima do antigo selo adulto da DC Vertigo Comics de Alan Moore, o filme teve a participação dos meus produtores da franquia Matrix, apresentando cenas de ação e ambiente similares ao filme, mas ainda apresentando um tom único próprio. Sobretudo, faz uma crítica direta a governos autoritários, intolerância e ganância corporativa.

Hugo Weaving (“Matrix”) e Natalie Portman (“Cisne Negro”) participam como os protagonistas da trama de V de Vingança, fazendo o misterioso justiceiro V e Evey Hammond, uma funcionária da TV estatal que se involve com ele, respectivamente. Aliás, Stephen Rea (“The Honourable Woman“) participa também como um detetive que persegue V a serviço do governo tirano. Está disponível na Prime Video

Rocketeer, de Joe Johnston

Um filme de aventura ambientado na década de 1930, Rocketeer é sobre um jovem piloto, Cliff Secord, quando descobre um jetpack experimental que lhe permite voar. Ele logo se torna o super-herói Rocketeer, enfrentando mafiosos e espiões nazistas que querem o dispositivo para seus próprios fins nefastos. Baseado na HQ hômonima de Dave Stevens e publicado pela Comico Comics, o filme tem um ar mais leve e faz homenagem aos seriados de aventura do passado.

Quem faz Rocketter é Billy Campbell (“O.C.: Um Estranho no Paraíso”), junto com outros atores como os consagrados Jennifer Connelly (“Top Gun: Marverick”) e Alan Arkin (“Little Miss Sunshine”). Está disponível na Disney+

O Gato Fritz, de Ralph Bakshi

Não se engane por ser uma animação: O Gato Fritz foi o primeiro filme animado a ser impróprio para menores. Criado por Robert Crumb, essa adaptação de tira de quadrinhos é uma cómedia situada no anos 60 em que acompanhamos o gato antropomórfico Fritz e suas visões sobre a vida universitária americana da época, as relações raciais, o movimento do amor livre, e políticas de esquerda e de direita. Ademais, é conhecida com a animação independente da história, arrecadando US$ 100 milhões em sua bilheteria (baseado na inflação da época).

Skip Hinnant (“You’re a Good Man, Charlie Brown”) faz a voz de Fritz, junto com os atores Rosetta LeNoire (“Amen”) e Ralph Bakshi (“Ren & Stimpy“), este conhecido como criador de outras animações voltadas para o público adulto.

Gostou da lista de adaptações de HQs? Confira mais na Conecte Geek!

Leia também

One Comment

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *