Após quase uma década desde o lançamento de Divertidamente, o estúdio Pixar estourou com Divertidamente 2. Em sua estreia, a animação arrecadou US$ 155 milhões em bilheteria e US$ 265 milhões pelo mundo, tornando-se, assim, a maior bilheteria de 2024 até o momento.

Anos depois do primeiro filme, Divertidamente 2 tem a chegada de novas emoções, visto que a Riley se tornou uma adolescente. Assim, cabe às outras emoções, como Alegria e Tristeza, resolver a apreensão entre os sentimentos.

O elenco retoma com Amy Poehler (“Parks and Recreation”) como Alegria e Phyllis Smith (“The Office”) como Tristeza, além de novidades como Maya Hawke (“Stranger Things”) como Ansiedade e Ayo Edebiri (“The Bear”) como Inveja.

Além de ser uma boa notícia para os cinemas, a Pixar também comemora o sucesso como um bom sinal. O estúdio não conseguia uma bilheteria dessa proporção desde março de 2020, durante plena pandemia.

A última vez que conseguiram uma boa estreia foi com Incríveis 2, de Brad Bird (“Ratatouille“), chegando a US$ 180 milhões em 2018. A expectativa era que, apenas na América do Norte, o filme arrecadasse US$ 90 milhões, valor parecido com o de Divertidamente. Porém, os números foram maiores do que o esperado. Além disso, a estreia global superou a de Frozen 2, mesmo ainda não tendo estreado em outros países, incluindo o Brasil.

Com isso, a Disney poderá repensar sua estratégia de streaming e optar pela qualidade em vez de quantidade. A companhia já tinha pensado na possibilidade de criar séries para a Disney+ devido à falta de sucesso com filmes, como Elementos, Lightyear, Soul, entre outros. Para superar esse problema, usuários da plataforma nos Estados Unidos receberam um crédito de US$ 10 para assistir Divertidamente nos cinemas.

Quando estreia Divertidamente 2?

O filme Divertidamente 2 tem estreia marcada no Brasil no dia 20 de junho e o filme Divertidamente está disponível na Disney+. De 2015, o primeiro filme conta a história de uma garota chamada Riley e suas emoções: Alegria, Tristeza, Medo, Nojo e Raiva.

Após se mudar de sua cidade natal, as emoções precisam ajudá-la a se autodescobrir e lidar com as mudanças na vida — ou correr o risco dela se perder de si mesma. A animação ganhou Oscar de melhor animação em 2016.

VEJA TAMBÉM

Crítica | A Casa do Dragão 2×01 – série volta com vingança, tensão e sangue!

Elenco do novo filme da série Knives Out é revelado; confira

Primeiras Impressões | O Acólito e o passado nebuloso dos Jedi 

2 Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *