Roguelike inovador e eletrizante.

Footgun Underground, criado por Turtle Knight Games e Cobratekku Games (CTG), será lançado no próximo dia 30 e se apresenta como um roguelike inovador e eletrizante. Afinal, quem nunca sonhou em ser um jogador de futebol… E um herói pós apocalíptico? Pois é. Footgun Underground consegue juntar essas duas coisas em um jogo só.

O nosso protagonista precisa passar por diversas provações e batalhas para conseguir conquistar o seu objetivo. Se fosse um jogo de futebol comum, o objetivo seria uma Libertadores ou uma Champions, mas aqui o objetivo é bem diferente: sobreviver.

Pode isso, Arnaldo?

Footgun consegue ser autêntico e possuir duas coisas impossíveis de se colocar defeito: movimentação e gráfico. Por mais que tenha mecânicas simples de desvio, corrida, pulo e ataque, todas elas funcionam muito bem e de forma muito flúida. A física da bola nos ataques é estranhamente satisfatória e é um dos pontos que seguram a gameplay. Os seus gráficos são feitos em pixel art, funcionando bem na dinâmica e estética do game.

Por ser um roguelike, podemos considerá-lo “infinito”, ou pelo menos algo bem próximo disso. A primeira e a última fase são as mesmas, mas as seguintes são completamentes aleatórias em ambientação e na escolha de inimigos. Como se não bastasse, há também uma definição de biomas, onde cada um tem a sua coletânea de mobs. Podemos passar por um ambiente cavernoso, outro de floresta, de vulcão, futurista e aquático. Cada um deles possui dois chefes no mapa final e a aparição deles é aleatória. Então não adianta voltar para a fase achando que já decorou os ataques, o boss que vai estar te esperando pode ser totalmente diferente do que você enfrentou antes de morrer.

Entretanto, há um ponto negativo nisso. Os ataques dos chefes são previsíveis demais, com padrões fáceis de pegar e de dominar. Os ataques são os mesmos até o final do embate e, se você já é acostumado com roguelike, vai derrotar os chefes em menos de 2 minutos e conseguir uma conquista na Steam.

Voltando aos biomas. É comum que durante a gameplay o player se depare com um mob terrestre, se movimentando de um lado para o outro, dando dano ao tocar. Também pode ver um que voa, atacando em rasantes e outro que ataca preso em paredes. Todos esses vão se repetir, mas cada bioma vai definir o seu visual e adicionar formas diferentes de se fazer os mesmos ataques.

Ao eliminar um inimigo ele pode dropar um ponto de HP ou uma caixa misteriosa que, após o final do mapa, podemos descobrir o que é. Geralmente é uma bola, habilidade para personagem ou power up de ataque. Existem diversas bolas diferentes com seus respectivos especiais. Durante a minha gameplay pude jogar com uma bola padrão, de lava (dano que fogo durante alguns segundos), bomba (que explodia ao acertar um inimigo), drone (sobrevoava o inimigo, possibilitando ataques aéreos), serra (se fixa em um ponto do mapa e promove dano aos inimigos que próximos) e banana (que ficava mais rápida e mais forte ao acertar uma parede).

Tudo o que é bom dura pouco

Mesmo tendo uma aleatoriedade de mapas em cada bioma, em poucas horas de gameplay você pode completar todas as fases. E, talvez, se cansar do jogo antes mesmo de chegar ao fim. Isso é muito triste pois cada um dos inimigos e das fases possuem potenciais fortes, mas os seus padrões são fáceis demais, cansando os players acostumados com esse tipo de jogo. Particularmente, mesmo achando maçante, fui até o final pois estava determinado a conhecer cada um dos chefes e dos biomas que o jogo poderia oferecer.

Outro ponto negativo e cansativo do game é a sua trilha clichê. É normal que games em roguelike possuam uma trilha mais eletrizante e pesada, mas Footgun Underground não conseguiu entregar uma trilha de destaque. A gente joga… ouve, ouve, ouve… até cansar.

Chama o VAR! É gol ou não é?

Footgun Underground consegue divertir e despertar curiosidade, mas pode ser “fácil demais” para os players acostumados com o roguelike. Entretanto, é uma ótima escolha para os novatos que querem se aventurar no gênero e para os gamers casuais que buscam um game fora da caixinha. É gol.

Footgun Underground vai ser lançado no dia 30 de abril para PC via Steam.

Outras reviews:

Gráficos
9.5
Trilha sonora
2.3
Jogabilidade
9.5
7.1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *