The Bear

Se você ainda não assistiu O Urso, este texto contém spoilers.

O Urso (The Bear) conquistou geral com uma história cheia de emoção e personagens super complexos. A terceira temporada estreará dia 16 de julho no Disney+ e, antes de seu lançamento, o Conecta Geek preparou esse post para relembrarmos tudo que rolou nas duas primeiras. Confira:

Temporada 1

Na primeira temporada, conhecemos Carmy Berzatto (interpretado por Jeremy Allen White), um chef jovem e super talentoso que volta para Chicago após a morte do irmão, Michael (Jon Bernthal). Ele herda o restaurante de Michael, The Original Beef of Chicagoland, que está numa situação bem complicada. Carmy tenta transformar o lugar, que é super tradicional, em algo mais moderno e organizado, mas enfrenta resistência da equipe, especialmente de Richie (Ebon Moss-Bachrach), amigo de infância e braço direito de Michael.

A equipe do restaurante é cheia de personalidades únicas: Tina (Liza Colón-Zayas), a cozinheira experiente e resistente a mudanças; Marcus (Lionel Boyce), o jovem confeiteiro apaixonado pela arte de fazer sobremesas; e Sydney (Ayo Edebiri), uma chef ambiciosa que quer provar seu valor. A primeira temporada foca muito nos conflitos internos e externos de Carmy enquanto ele tenta manter o restaurante funcionando, lidar com as dívidas e com sua própria saúde mental.

The Bear
Foto: reprodução/batatas scalad

Durante essa temporada, vemos Carmy lidando com o luto e a pressão de estar à altura do legado do irmão. Além disso, ele enfrenta os desafios de modernizar o restaurante sem perder a essência que os clientes fiéis amam. A tensão aumenta quando ele descobre que as dívidas do restaurante são muito maiores do que ele imaginava, e os cobradores começam a apertar o cerco.

Temporada 2

Na segunda temporada, vemos o impacto das mudanças que Carmy e sua equipe começaram a implementar no restaurante. A relação entre Carmy e Richie continua tensa, mas eles começam a encontrar um terreno comum. Sydney assume um papel maior na cozinha, mostrando seu talento e ganhando mais respeito pela equipe. A dinâmica entre Carmy e Sydney se aprofunda e eles começam a desenvolver uma parceria que equilibra a visão inovadora de Sydney com a experiência de Carmy.

Marcus continua a evoluir como confeiteiro, criando sobremesas cada vez mais incríveis, e até começa a considerar competir em concursos de confeitaria. A evolução de Marcus é um dos pontos altos da temporada, mostrando como ele usa a confeitaria como uma forma de expressão e de lidar com seus próprios desafios pessoais.

The Bear
Foto: reprodução/geek ship

A segunda temporada também explora mais os backgrounds dos personagens, como o passado problemático de Carmy e os sonhos e desafios de Sydney. Descobrimos mais sobre a vida de Richie, incluindo suas dificuldades em equilibrar a vida pessoal e profissional, além de seu desejo de honrar a memória de Michael enquanto tenta aceitar as mudanças que Carmy está trazendo.

Uma grande reviravolta acontece quando um crítico gastronômico famoso visita o restaurante e escreve uma resenha devastadora, forçando Carmy e sua equipe a repensar toda a estratégia. Eles decidem fechar o restaurante temporariamente para fazer uma grande reforma e reabri-lo com um novo conceito, que une tradição e inovação. Essa decisão leva a uma série de novos desafios e oportunidades de crescimento para todos os envolvidos.

Os desafios da equipe

Além dos conflitos e desafios profissionais, vemos também os personagens lidando com suas vidas pessoais. Tina, por exemplo, começa a abrir mais sobre sua vida fora do trabalho, mostrando que ela é muito mais do que a cozinheira durona que aparenta ser. Sua relação com a equipe também evolui, e ela se torna uma figura maternal e uma mentora para os mais jovens, especialmente para Marcus.

Sydney, por outro lado, enfrenta suas próprias batalhas internas. Seu desejo de provar seu valor no restaurante é motivado por experiências passadas de discriminação e subestimação. Sua jornada na segunda temporada é marcada pela busca de reconhecimento e respeito, tanto de Carmy quanto do resto da equipe.

Foto: reprodução/Metrópoles

Marcus e seus sonhos

Marcus, interpretado por Lionel Boyce, se destaca não apenas pelo talento na confeitaria, mas também pela sua personalidade sonhadora e determinada. Ao longo da segunda temporada, vemos Marcus se esforçando para criar sobremesas que não apenas impressionam, mas que também contam uma história. Seu arco mostra a importância da paixão e da persistência em perseguir seus sonhos.

The Bear
Foto: reprodução/pitacos do leleco

Relações e conflitos

A relação entre Carmy e Richie é um dos pilares centrais da série. Richie, interpretado por Ebon Moss-Bachrach, representa a resistência às mudanças e o apego ao passado. Sua relação com Carmy é complexa, cheia de altos e baixos, mas também de momentos de verdadeira camaradagem e compreensão.

The Bear
Foto: reprodução/The Hollywood Reporter

O impacto do passado

O passado de Carmy, interpretado por Jeremy Allen White, é um elemento crucial na série. Os flashbacks mostram a relação difícil com Michael e como a pressão para ter sucesso sempre foi uma constante em sua vida. Essas lembranças ajudam a entender melhor suas motivações e suas lutas internas.

The Bear
Foto reprodução/Yahoo

O papel de Sydney

Sydney, interpretada por Ayo Edebiri, se torna uma personagem ainda mais central na segunda temporada. Sua relação com Carmy é cheia de respeito mútuo e colaboração, e ela se torna uma espécie de parceira e conselheira para ele. Sydney representa a nova geração de chefs, com ideias inovadoras e uma forte ética de trabalho.

The Bear
Foto: reprodução/Pitacos do leleco

A reabertura do restaurante

O plano de fechar temporariamente o restaurante para reformas é uma jogada ousada. A equipe precisa se unir mais do que nunca para fazer essa transformação acontecer. A pressão é enorme, mas também é uma oportunidade para todos mostrarem do que são capazes e solidificarem suas posições na equipe.

The Bear
Foto: reprodução/hulu

Expectativas para a terceira temporada

Com a terceira temporada chegando, as expectativas estão altas. Os fãs querem ver como Carmy e sua equipe vão lidar com os novos desafios e se o restaurante reformado vai conseguir alcançar o sucesso que eles tanto desejam. A relação entre os personagens, especialmente entre Carmy e Sydney, será um ponto chave para observar.

Além disso, os espectadores estão ansiosos para ver como os novos personagens vão se integrar à história e quais conflitos surgirão entre eles e os protagonistas já estabelecidos. A evolução dos temas emocionais, como a superação pessoal e os dilemas éticos, também promete cativar o público, oferecendo uma profundidade ainda maior à narrativa.

O Urso tem se mostrado uma série envolvente e profunda, explorando temas como luto, ambição, resistência à mudança e a complexidade das relações humanas. Com personagens bem desenvolvidos e uma trama cheia de reviravoltas, a série promete continuar surpreendendo e emocionando na terceira temporada. Fique ligado para ver o que vem por aí! 

O Urso estreia dia 16 de julho no Disney+.

Leia também: 

4 Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *